OAB-CE requer ao TSE a disponibilização do aplicativo ‘Pardal’ no Ceará

A OAB Ceará enviou ofício ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para requerer a disponibilização do aplicativo ‘Pardal’ no Ceará, cujo objetivo é dispor aos eleitores um mecanismo pelo qual poderão notificar irregularidades e não conformidades nas campanhas eleitorais. A ferramenta foi lançada pelo TSE no último dia 18 de agosto, mas até agora não está disponível no Estado.

O ofício foi assinado pelo presidente da OAB Ceará, Marcelo Mota, a vice-presidente, Roberta Vasques e o presidente da Comissão de Ética na Política e Combate à Corrupção Eleitoral, Rafael Reis.

“As ferramentas de transparência e fiscalização disponíveis ao eleitor devem ser universalizadas, sobretudo quando apresentadas pela própria Justiça Eleitoral. Portanto, se impõe urgência ao pleito requerido ao TSE, posto que nossas eleições estão em pleno curso”, disse Rafael Reis.

Pardal

Ao identificar um problema, o cidadão faz uma foto e, por meio do aplicativo, envia o documento para a Justiça Eleitoral que fará a análise da denúncia. O aplicativo está disponível nas lojas on-line para dispositivos móveis (celulares e tablets).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s